Expectativas para a economia brasileira diminuem

 
Países latinos também enfrentam piora

Segundo levantamento divulgado na última quarta-feira (19), pela Fundação Getúlio Vargas, o Índice de Clima Econômico – ICE – do Brasil baixou de 7,8 para 7,3 pontos de janeiro a abril. O dado, no entanto, ainda está acima da média dos últimos 10 anos (6,1 pontos).

Embora o resultado seja considerado positivo para o país, o Índice de Expectativas – IE -, um dos sub-indicadores do ICE, recuou de 7,8 para 6,4 pontos no mesmo período – o pior resultado desde abril do ano passado, quando atingiu 5,4 pontos.

Os especialistas consideram que resultados abaixo de cinco pontos nos índices indicam “clima ruim”, e desempenhos acima de cinco pontos ainda são considerados positivos. No Brasil, apesar da piora nas expectativas, houve uma melhora na avaliação sobre o momento presente: o Índice Situação Atual – ISA –, outro sub-índice do ICE, subiu de 7,7 para 8,1 pontos de janeiro a abril.

Além do Brasil, outros quatro países entre os 11 pesquisados apresentaram piora no clima econômico: Argentina, Chile, Equador e Venezuela.

Segundo os analistas, Chile e Brasil se diferenciam dos demais por ainda se encontrarem em uma fase de “boom econômico”.

Equador e Venezuela continuam em recessão, enquanto a Argentina caminha para um processo de lenta recuperação na economia. Já Bolívia, Colômbia, México, Peru e Uruguai apresentaram melhora de clima econômico de janeiro a abril deste ano. O Paraguai manteve o mesmo patamar no período.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: