Cresce inflação “do aluguel” em maio

 
IGP-M acumula alta de 4,55% ao ano

Segundo o Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M) a inflação para a maioria dos contratos de aluguel variou 0,95% no segundo decêndio do mês de maio, contra 0,50% no mesmo período de abril. Para a Fundação Getúlio Vargas, que calculou o IGP-M, entre os dias 21 de abril e 10 de maio, o indicador acumula alta de 3,94% em 12 meses, sendo que, em um ano, a inflação acumulada é de 4,55%. 

O principal fator para a aceleração veio dos preços do atacado, medidos pelo Índice de preços ao Produtor Amplo – IPA -, que passaram de 0,38% na segunda prévia de abril para 1,19% no mesmo período deste mês. O preço das matéria-primas brutas foi uma das principais pressões inflacionárias para o grupo, com destaque para o minério de ferro, o grão de soja e a cana-de-açúcar.

O componente Índice de Preços ao Consumidor Amplo – IPC -, registrou variação de 0,45% frente a 0,50% no mesmo período do mês anterior. Também houve recuo no Índice Nacional de Custo da Construção – INCC – com variação 0,66% ante 1,25% na segunda prévia de abril.

O impacto da disparada no preço do minério de ferro no atacado ( de -1,06% para 27,16%) foi essencial para a taxa maior da segunda prévia do IGP-M. Segunda a FGV, o minério de ferro respondeu por 0,69 ponto percentual da inflação atacadista mensurada na segunda prévia de maio, que foi de 1,19%; e por 0,45 ponto percentual da taxa da segunda prévia do IGP-M.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: